Espetáculo de Dança e Música: Ziriguidum

04 dez 2017
12:30 - 13:30
Teatro Experimental – Escola de Dança (Ondina)

Espetáculo de Dança e Música: Ziriguidum

Grupo de Dança Contemporânea (GDC) e do Núcleo de Percussão da UFBA.

Pesquisas para criação do espetáculo de música e dança envolvendo o Núcleo de Percussão da Escola de Música e o Grupo de Dança Contemporânea da Escola de Dança, formado por alunos, conduzidos por professores e técnicos reunidos num trabalho processual de criação de espetáculo para integrar a programação do Simpósio Internacional de Educação Básica.

A inspiração para a criação coreográfica partiu das peças de percussão das obras do repertório do Núcleo de Percussão da UFBA. Como ideias abertas as musicas foram disponibilizadas e paralelamente  cada coreógrafo pesquisou sobre a movimentação corporal relacionada com o universo de alguns sucessos musicais do carnaval “axé” trazendo reflexões sobre coreografia de massa como fenômeno de controle e produção coletiva de “folias momescas”. A pesquisa de movimentos envolve a compreensão de mudanças paradigmáticas das dimensões poéticas, líricas e espaciais do carnaval, para acenos de empobrecimento estético e musical, machismo, violência, sexualidade géstica óbvia. O grito Ajaiô e as palmas ecoam como o símbolo da tradição. A idéia que fica é uma chamada para o aqui e agora. O agogô dos “Filhos de Gandhi” nos chama para conectar com o chão. Saravá Gilberto Santiago! Este espetáculo simboliza um novo momento da Escola de Dança com protagonismo das Danças Populares aqui representado pelos professores Denny Neves e Marilza Oliveira, assim como a realização do encontro criativo entre o GDC- Núcleo de Investigação de Tradições e Manifestações Culturais  e o Núcleo de Percussão da UFBA.

 

PROGRAMA:

Abertura: Balizas dos desfiles de Dois de Julho – coreografia Denny Neves

Primeiro momento

Sarapatel Brincante – acompanhamento percussivo livre para células coreográficas de Denny Neves

Pagodão Suingueira – música de Alexandre Espinheira e proposta coreográfica de Marilza Oliveira

Intermezzo

“Como Animal que desce aos vales, Is. 63,14. Momento Bíblico para Grupo de Percussão” – música de Flávio Queiroz proposta coreográfica de Bel Souza

Segundo momento

“Ziriguidum” música de Paulo Costa Lima proposta coreográfica Bel Souza e Denny Neves

“Abertura Percussiva” música de Gilberto Santiago – proposta coreográfica desenvolvida em grupo conduzida por Carmen Paternostro e Denny Neves

 

FICHA TÉCNICA

Concepção e Direção Cênica: Carmen Paternostro

Direção Coreográfica: Bel Souza; Denny Neves; Marilza Oliveira

Direção Musical: Jorge Sacramento e Aquim Sacramento

Cenário e Figurino: Zuarte Jr

Preparação Corporal: Cecília Accioly

Repetição e Ensaios: Bel Souza e Cecília Accioly

Mediação de Trabalho em Grupo: Tânia Bispo

Consultoria em Técnicas Somáticas: Clara Trigo

Grupo de Dança Contemporânea da UFBA – Direção Institucional Dulce Aquino

Interpretes co-criadores: Aline Damascena; Ananda Rocha; Anderson Santana; Azânia Borges; Berg Kardy; Bianca Lima; Dani Carvalho; Gabriel Novaes; Hiago Ruan; Iago Araújo; Jéssica Costa; Fabio Santos; Keila Faria; Matheus Luiz Greenburg; Mendes Adilenisson; Monalisa Azevedo; Monique Lima; Paula Marinho; Rener Oliveira; Tâmara Rodrigues; Taynah Melo; Tom Bispo;Van Sena

Núcleo de Percussão da UFBA

Aquim Sacramento (Vice-coordenador)

David Martins

Edwã Victor

Fábio Santos

Gilberto Santiago

Jorge Sacramento (Coordenador)

Josue Rodrigues

Lucas Vieira

Nielton Marinho

Rian Mourthé

 

Produção: Simpósio Internacional de Arte e Educação Básica

Direção de Produção: Marcelo Galvão

Assistência de produção: Marcelo Costa

Fotografia: Rose Nascimento

Design gráfico: William Gomes

Sonoplastia: Ailton Coelho

Iluminação: Juliana Mendonça

Camarim: Poliana Ramos

Costura: Luis Santana (balizas); Saraí e Sueli Garcia (cenários)

Apoio de infraestrutura durante o processo: Caíque Melo, Geisa Nazaré, Ney Santana, Maria José Reis, Mendes Adilenilson, Valdilene Moreira.